segunda-feira, 3 de julho de 2017

Cultura erótica!



Everybody's got the fever
That is somethin' you all know
Fever isn't such a new thing
Fever started long time ago


Nos dias que correm chegou aos lugares de topo, a venda de romances eróticos, e a mais recente novidade, é Afonso Noite Luar

Todos os escritores do género, acabam por se repetir, afinal a inovação, as vezes só surge em alguns momentos, acabando por ser tudo associado unicamente ao acto em si, afinal o sexo vende sempre, seja em música, seja em pintura, ilustração, seja no que for.

Se poderia ser algo mais, claro que sim, mas o género fica-se unicamente por determinado encanto, e pouco mais, as toca a pseudo comédia romântica com o lado maroto ao rubro!

Mas a realidade as vezes é bem mais interessante do que a reprodução dos livros, que muita gente gira faz por aí! As vezes é só abrir a imaginação e partilhar a dois, haverá sempre alguém com capacidade de se deixar ir!

Como se diz

Everybody's got the fever
That is somethin' you all know
Fever isn't such a new thing
Fever started long time ago


...
..
.




segunda-feira, 12 de junho de 2017

Não te amo!

Não te quero!

Não te quero,
Porque não fazes sentido!
Porque nunca tens tempo para mim!

Porque tudo é sempre importante,
E relego-me para segundo plano!

Não te quero,
Porque honestamente nem te amo!

Gosto da ideia de estar apaixonada contigo!
Não te amo!

E nem sei como dizer-te que não me enches!
Sabes o essencial de mim, e pouco mais!
Pouca exploração do universo
e muito foco na anatomia!

Nesta virtualidade de mundos,
tantas amizades coloridas juntas
criam um cinzento e mais tarde o negro,
que invade e se instala por algum tempo!

E é isso que ficou agora!
Um negro para reflectir sobre o arco-íris!
E tu não és um arco-íris!

Não te amo
Nem te quero!
A química que algum dia existiu
já se evaporou!
Só o olhar penetrante que se tornou bonacheirão!

As pessoas precisam de palavras,
e as tuas são poucas...

Nem uma poesia?
Nem um livro?
E como trocar mensagens contigo
se o que respondes fica tão aquém!

Não te amo
Nem te quero!
E como sinto pouco prazer em estar a teu lado!

Oh Céus! 
tão pouco prazer!

Não te amo
Nem te quero!
Nem te quero!
Não te amo!

Ficou o cinzento!

Nem te quero!

Nem te amo! 

Nem és aquele com quem quero investir o meu tempo!
Nem criar um futuro!

Não te amo
Nem te quero!
Nem te quero!
Nem te amo!

Não, não te amo!
Nem nunca te amei!

Como dizer-te?
Dizendo-te!

Não te amo
Nem te quero!
Nem te quero!
Nem te amo!

Não, não te amo!
Nem nunca te amei!

Não te amo!